SESC NO PARQUE 889


Nove horas de programação gratuita no Parque Municipal de Belo Horizonte


Muitos acontecimentos da vida não nos marcam para sempre, mas quem cresceu em Belo Horizonte sempre se lembrará com carinho das manhãs de domingo no tradicional Parque Municipal. Árvores centenárias, brinquedos, sombra fresca e os famosos passeios no lombo de um burrinho ou no pedalinho da lagoa. Este é o cenário do Sesc no Parque, que levará, dia 14 de outubro (domingo), entre 9h e 18h, diversas atividades do Sesc ao Parque Municipal Américo Renné Giannetti, na região central da capital.

Com a iniciativa inédita, quem passar pelo parque poderá conferir os principais projetos da entidade, integrante do Sistema Fecomércio. São ações que ajudam a transformar e desenvolver o país por meio da educação, cultura, saúde, esporte, turismo social, lazer e meio ambiente. O Sesc busca oferecer melhor qualidade de vida à sociedade, ao trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo e aos seus dependentes.

Confira as atividades do Sesc no Parque e faça parte desta festa!

 

PALCO PRINCIPAL

Orquestra de Câmara Sesc 
A partir das 9h, a Orquestra de Câmara inicia as atividades do palco principal do Sesc no Parque. Trata-se de um dos projetos do Núcleo de Música, realizado no Sesc Centro Cultural JK. A ação promove a iniciação musical de crianças e adolescentes, com idades entre 8 e 17 anos, estudantes de escolas públicas parceiras do Sesc.

Desfile de bandas - Encontro de Bandas
O Encontro de Bandas, há 14 anos, preserva e valoriza a cultura e as tradições mineiras. Bandas centenárias de diversas regiões do estado relembram os velhos tempos em que todos paravam para ver a banda passar, ao som de valsas, marchas, dobrados, boleros e cantigas. A partir das 10h, cerca de 600 músicos, de 17 bandas de diversas regiões do estado, se apresentam no Parque Municipal. Relação de participantes: 

- Guarda Municipal de Belo Horizonte 
- Grêmio Lítero Musical Filarmônico Nosso Sonho (Jenipapo de Minas) 
- Banda Santa Cecília (Barão de Cocais) 
- Banda Corporação Musical Heuterpe Homero Maciel (Turmalina) 
- Banda Corporação Musical Maestro Walter Sales (Campanha)
- Banda Santa Cecília (Mariana)
- Santa Cecília (Itabira)
- Banda São Brás do Suaçuí 
- Banda Corporação Musical União Dionisiana 
- Banda São Sebastião (Brumadinho)
- Banda Municipal Sarzedense 
- Banda de Contagem
- Sociedade Musical e Cultural Santa Lúcia (Sabará) 
- Banda Geraldo de Brito (Santa Luzia) 
- Corporação Musical União Operária (Nova Lima) 
- Banda Sociedade Carlos Gomes (Belo Horizonte) 
- Banda 12 de março (Belo Horizonte)

Sesc Chorinho e Samba na Praça - Flor de Abacate
O projeto conta com apresentações em parques e praças da cidade e tem como proposta agradar plateias de todas as idades, com uma programação musical recheada de novos artistas e nomes conhecidos do público belo-horizontino, além de ser mais um espaço para a divulgação desses gêneros musicais. 

A partir das 13h, o grupo Flor de Abacate se apresenta no Palco Principal. O grupo desenvolve, desde 1989, um trabalho de pesquisa, estudo e divulgação da música instrumental brasileira, com destaque para o choro. Composto por músicos com formação popular e acadêmica, o Flor de Abacate se destaca pela interpretação e arranjos de composições próprias e de autores como Pixinguinha, Hermeto Pascoal, Anacleto de Medeiros, Radamés Gnattali, Astor Piazzolla, Villa-Lobos, Tom Jobim, Edu Lobo e Ernesto Nazareth.

Causos e Violas das Gerais - Chico Lobo
O projeto busca valorizar e resgatar duas importantes manifestações da cultura mineira: o contador de causos e o tocador de viola. Com perfil itinerante, Causos e Violas das Gerais percorre praças da capital e de vários municípios do interior de Minas Gerais.

A partir das 14h30, marca presença o violeiro e compositor Chico Lobo, natural de São João del-Rei (MG). O artista toca viola caipira desde os 14 anos e tem papel importante na popularização da tradição musical brasileira. Desde 2003, integra o projeto itinerante Causos e Violas das Gerais, do Sesc Minas, já realizado em mais de 223 municípios mineiros, levando a tradição dos causos e das violas.

Minas ao Luar - Rodrigo Miranda e Banda
O Minas ao Luar apresenta, durante todo o ano, uma animada programação de serestas e serenatas ao ar livre, em ruas, praças e coretos, além de outros gêneros musicais, em diferentes municípios do estado. Sempre aberto ao público e gratuito, o projeto iniciou sua itinerância pelas terras mineiras em 1994. Ao longo de 18 anos de realização ininterrupta, a atração alcançou 500 apresentações.

Com o projeto, a partir das 16h30, Rodrigo Miranda e Banda se apresentam no Palco Principal. Nascido em Belo Horizonte, o músico, ao longo de seus 12 anos de carreira, vem se apresentando por diversas capitais do Brasil e pelo interior de Minas. Em seu show, Rodrigo convida o público para uma “viagem” pelo tempo, recordando diversos momentos marcantes da evolução musical brasileira. O artista se apresenta com uma equipe formada por três cantores e cinco músicos.


CULTURA

Cordel Lambe-Lambe
Entre 9h e 15h30, os tradicionais fotógrafos lambe-lambes do Parque Municipal, em parceria com o Sesc, farão registros do público durante o evento. Com as fotos será criado um cordel com 450 imagens. O resultado será exibido posteriormente em uma exposição itinerante pelas unidades do Sesc em Minas. 

Conte sua história com o Sesc
Entre 10h e 15h, o público participa da criação de minidocumentários, contando sua história junto ao Sesc Minas e ao antigo Cine Palladium. O resultado será veiculado em eventos, exposições, abertura de shows e espetáculos, nas redes sociais e no site da entidade. 

Cenarte
O Sesc Cenarte – Centro de Arte Popular Mineira busca fomentar o artesanato tradicional e a arte popular de Minas Gerais, desenvolvendo pesquisas, promovendo a inclusão social e descobrindo novos artesãos pelo estado. Durante o Sesc no Parque, entre 9h e 17h, algumas peças ficam à venda.

Trupe Fincapé
Das 9h às 17h, a Trupe Fincapé faz intervenções se equilibrando em pernas de pau, com instrumentos lúdicos e apresentações de bonecos. Os artistas recepcionam e interagem com os participantes do Sesc no Parque.

Carrinho Mala-Mundo
É um instrumento educativo que vai orientar o público sobre todas as ações culturais desenvolvidas pelo Sesc em Minas. Sempre com uma conversa informal, bem livre e solta, os arte-educadores fazem a mediação cultural do evento, com materiais lúdicos que possam despertar o imaginário das pessoas e promover interação com as atividades propostas pelo Sesc no Parque, entre 9h e 17h. 

CineSesc
Exibição de filmes: 

9h – O Pequeno Nicolau
Nicolau (Maxime Godart) leva uma vida tranquila, sendo amado por seus pais e com diversos amigos. Um dia ele ouve uma conversa entre seus pais e entra em pânico, pois entendeu que sua mãe estaria grávida. Isso tudo porque ele acredita que, assim que o bebê nascer, ele não mais receberá atenção e será abandonado na floresta, como acontece nas histórias do pequeno Poucet, de Perrault.
11h – Mutum
Mutum quer dizer mudo. Mutum é uma ave negra que só canta à noite. E Mutum é também o nome de um lugar isolado no sertão de Minas Gerais, onde vivem Thiago e sua família. Thiago tem dez anos e é um menino diferente dos outros. É através do seu olhar que enxergamos o mundo nebuloso dos adultos, com suas traições, violências e silêncios. Ao lado de Felipe, seu irmão e único amigo, Thiago será confrontado com este mundo, descobrindo-o ao mesmo tempo em que terá de aprender a deixá-lo.
13h – Um Homem que Grita
Singela e comovente, a trama mostra o sexagenário Adam (Youssouf Djaoro), ex-campeão de natação que ainda encontra dignidade na vida limpando a piscina de um hotel na capital, N’Djamena. Quando o espaço é comprado por chineses, Adam ganha, a contragosto, um substituto: seu jovem filho. Cada vez mais descontente com a situação, o protagonista tomará uma atitude precipitada. Feita de silêncios e diálogos duros, a fita levou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes 2010 e revela não só um cineasta delicado, mas também uma nação despedaçada.

BiblioSesc
Projeto da Biblioteca Central do Sesc, localizada no Sesc Centro Cultural JK, tem como objetivo incentivar a leitura, proporcionando o encontro das pessoas com a literatura. Um caminhão-baú adaptado para abrigar livros está no Parque Municipal para realização de atividades recreativas e culturais, entre 9h e 16h.


EDUCAÇÃO

Planetário
O Planetário Sesc Minas é uma cúpula inflável que projeta as estrelas, os planetas, a lua, o sol, as galáxias e os cometas. Tudo isso para mostrar de forma lúdica e interativa que a ciência está presente no nosso dia a dia, além de fomentar a curiosidade e uma reflexão sobre os fenômenos da natureza. Em 13 sessões, realizadas entre 9h e 17h, os visitantes têm a oportunidade de conhecer a cúpula.


ESPORTE

Circuito Sesc Corra pro Hexa
Para resgatar as históricas conquistas do país em Copas do Mundo e incentivar práticas saudáveis de qualidade de vida, o Corra pro Hexa também valoriza os principais pontos turísticos de Belo Horizonte, por meio da corrida de rua, da caminhada e do futebol. 

Durante o Sesc no Parque, entre 9h e 17h, são realizadas inscrições para a próxima edição: um percurso de 7 km, em 27 de outubro, próximo ao Museu de Arte da Pampulha, a partir das 19h.
Ao todo, o circuito possui seis etapas e cada percurso está relacionado a um título conquistado pela seleção em Copas do Mundo: 5,8 km (1958); 6,2 km (1962); 7,0 km (1970); 9,4 km (1994) e uma grande prova de 20,2 km (2002). A sexta e última etapa do circuito fará referência à Copa das Confederações.


AÇÕES SOCIAIS

Maratona da Solidariedade
É um evento de ação humanitária que integra recreação, lazer, cultura e serviços. No Sesc no Parque, são realizados, entre 9h e 17h, emissão de carteira de identidade e certidão de nascimento, além de serviços complementares de incentivo social e de utilidade, como corte de cabelo, manicure e spa para as mãos.

A carteira de identidade será emitida para maiores de 16 anos. Para a emissão é necessário a certidão de nascimento ou casamento (original e cópia) e 02 fotos 3x4.

Rua de Lazer
As tradicionais Ruas de Lazer, realizadas em vários municípios mineiros, oferecem diversas brincadeiras, oficinas e jogos recreativos, eletrônicos e desportivos. No Sesc no Parque, entre 9h e 17h, há brinquedos, Sesc Games e atrações como camas elásticas, brinquedos infláveis, brincadeiras para crianças menores de cinco anos (espaço kids), Xbox, oficinas de artes e criatividade, pintura facial e desenho. 

Unimos
Durante o evento, as Unidades Móveis de Orientação Social (Unimos) oferecem, das 9h às 16h, oficinas de bijuterias com miçangas e embalagens para presentes. Crianças e adultos podem participar da atividade.


MEIO AMBIENTE

Gestão de resíduos gerados no evento
Das 9h às 18h, lixeiras devidamente identificadas permitem a coleta seletiva de todos os resíduos gerados durante o dia. Também há um espaço adequado para a coleta de líquidos. Placas de sinalização orientam “como” e “onde” o público deverá descartar o lixo durante o evento.

Intervenções teatrais
Atores conscientizam o público participante do evento sobre a importância da destinação correta do lixo, entre 9h e 17h.

Exposição ambiental
O Sesc mostra, das 9h às 17h, por meio de uma exposição, o que é possível criar com os recicláveis descartados diariamente de forma irregular. Entre os objetos estão esculturas, artigos de decoração, móveis feitos com pneus e garrafas pet, entre outros.


MESA BRASIL

Oficinas e palestras
O Mesa Brasil Sesc Minas – Alimentação e Cidadania também está presente no Parque Municipal. O programa busca, nas empresas, alimentos excedentes ou fora dos padrões de comercialização e os entrega onde falta, como instituições socioassistenciais. São realizadas, das 9h30 às 15h30, oficinas de aproveitamento integral de alimentos e, das 9h às 16h, palestras sobre boas práticas de produção e comercialização de alimentos, nutrição para idosos e qualidade de vida.


SAÚDE

Oficinas de saúde
Durante o Sesc no Parque, os participantes podem aproveitar o domingo para ter acesso a serviços gratuitos de saúde, das 9h às 17h, nos caminhões adaptados do Sesc. São oferecidos: aferição de pressão arterial, dosagem de glicemia capilar, avaliação de peso e medida, orientações sobre alimentação saudável e identificação de grupo sanguíneo.

OdontoSesc
O projeto atua na promoção, proteção, prevenção e restauração da saúde bucal por meio de clínicas móveis montadas em carretas. Durante o evento, das 9h às 17, o Sesc oferece orientações para a saúde bucal de adultos e crianças.


TRABALHO SOCIAL

Exposição de artesanato e oficina de bordados
Há 35 anos, o Sesc desenvolve em Minas o trabalho social com idosos, principalmente por meio das ações direcionadas aos grupos de convivência. São quase 15 mil matriculados em algum tipo de atividade da entidade. Durante o Sesc no Parque, há exposição de peças artesanais criadas pelos idosos e oficina de bordados. Pela manhã, das 9h às 12h, e à tarde, das 14h às 17h.


TURISMO SOCIAL

Túnel interativo e informações
O turismo social no Sesc é uma atividade sem fins lucrativos, com pacotes de viagens a preços acessíveis, principalmente para os trabalhadores do comércio de bens, serviços, turismo e seus dependentes. São roteiros diferenciados, diversificados e de qualidade para todo o país, com objetivos sociais, educativos e culturais. O Sesc Minas possui também 13 Unidades de Hospedagem, sendo 12 espalhadas pelo estado mineiro e uma no litoral norte-fluminense, em São João da Barra, no Rio de Janeiro. 

Durante o Sesc no Parque, das 9h às 17h, há visitação ao túnel interativo, com exposição das unidades do Sesc em Minas, além de atendimento e informações sobre pacotes de viagens e hospedagem.

LINKS IMPORTANTES

facebook2

COMPRAR INGRESSOS

TEATRO

SHOWS

ENDEREÇO PALLADIUM

RUA RIO DE JANEIRO, 1046 - CENTRO BH

AV. AUGUSTO DE LIMA, 420 - CENTRO BH



CONTATO

TELEFONE: (31) 3270-8100
 2ª a 6ª: 7h30 às 19h30

ESTACIONAMENTO SESC PALLADIUM

AV. AUGUSTO DE LIMA, 420

HORÁRIO: 7 às 23h.


Conheça os outros sites do sistema:

fecomercio nova

senac nova