Web Content Viewer (JSR 286)

Ações
Carregando...

Central de notícias

|

Sesc Palladium terá Mia Couto na programação ‘Culturas Populares’

Em 10/4, escritor fala sobre Grande Sertão Veredas com o Grupo Miguilim. Confira!
Publicado em 03/04/2019 às 09:38Atualizado em 03/04/2019 às 09:41

Caroline Melo

Em abril, o Sesc Palladium segue com a programação do eixo curatorial Culturas Populares, com atrações imperdíveis. No dia 10, o escritor moçambicano Mia Couto é o convidado do Caro Leitor para falar sobre a obra Grande Sertão Veredas, de Guimarães Rosa, ao lado de integrantes do Grupo Miguilim, de Cordisburgo.

No dia 12, o grupo Flores de Jorge Cia Cênica estreia no Teatro de Bolso o espetáculo Ogum, criado especialmente para o projeto Criações de Bolso, e segue com apresentações nas sextas, sábados e domingos, até o dia 21 de abril.

E no dia 21 será a última oportunidade para o público conferir a elogiada exposição Naïfs do Brasil – Acervo Sesc de Arte Brasileira, que está em versão inédita e pela primeira vez em Belo Horizonte, na Galeria de Arte GTO. E em diálogo com a exposição, o Sesc Palladium oferece de 5 a 7 de abril a oficina Ateliê de histórias – Os tapetes contadores de histórias, e no dia 13, a Oficina de Oratório em caixa de fósforo. As inscrições estão abertas na recepção do centro cultural.         

MAIS INFORMAÇÕES:
10 de abril: Caro Leitor convida Mia Couto para falar sobre Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa. Participação do Grupo Miguilim

O projeto Caro Leitor convida o escritor moçambicano Mia Couto para uma conversa sobre a obra-prima de Guimarães Rosa, Grande Sertão Veredas, no Grande Teatro do Sesc Palladium, na quarta-feira (10/04), a partir das 20h.

O encontro também terá a presença de integrantes do Grupo Miguilim, formado por adolescentes de Codisburgo que desenvolveram um estilo singular de narração da prosa roseana.

Para participar, é necessário retirar os ingressos na bilheteria do centro cultural no dia do evento, a partir de 12h, mediante a doação de 1kg de alimento não perecível por ingresso, para Programa Mesa Brasil Sesc. Limite de 2 ingressos por pessoa.

Este evento é uma realização do Sesc em Minas e conta com parceria da Companhia das Letras, que neste ano, lança edição especial da obra Grande Sertão Veredas. A capa do volume é uma adaptação em bordado, realizado por bordadeiras de São Paulo e Minas Gerais, do avesso do Manto da Apresentação, do artista Bispo do Rosário. O projeto gráfico conta ainda com desenhos originais de Poty Lazzarotto, que ilustrou as primeiras edições do livro.

Dias 12, 13, 14, 19, 20 e 21 de abril: Criações de Bolso apresenta Ogum, da Flores de Jorge Cia Cênica
Orixá regente de 2019 e o nome do novo trabalho da Flores de Jorge Cia Cênica realizado em parceria com o músico Flávio Cravo e por meio do projeto Sesc Criações de Bolso, Ogum tem como proposta abordar a fé advinda das religiões de matriz africana, o sincretismo religioso brasileiro, a intolerância religiosa que persegue os povos de terreiro e o orixá Ogum como símbolo de força e da luta do dia a dia do povo brasileiro. O espetáculo não deixa de ser um chamado para a luta de todos aqueles que não se conformam com a opressão e violação dos direitos de uma enorme parcela da população. Ogunhê!

As apresentações serão no Teatro de Bolso, às sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 19h, e têm entrada a R$ 15 (inteira). A classificação é livre.

Até 21 de abril: Naïfs do Brasil – Acervo Sesc de Arte Brasileira
A exposição Naïfs do BrasilAcervo Sesc de Arte Brasileira realizada gratuitamente na Galeria de Arte do Sesc Palladium é um recorte das edições de 2000 a 2016 do maior evento de arte naïf do país, a Bienal Naïfs do Brasil, do Sesc São Paulo. Composta por bordados, desenhos, esculturas, gravuras, pinturas, entre outras técnicas de artistas de diversos estados do país, a exposição destaca 42 obras que simbolizam não apenas a infinidade de relações do homem com a fauna, a flora, com o sagrado e o religioso, mas também o caráter transgressor e insubordinado do artista naïf, sua visão crítica, engajamento e resistência. Estarão expostas na Galeria de Arte GTO as produções feitas em duas propostas: Hora do Trabalho, Tempo de Lazer e Universos Mágicos.

Naïf é um termo de origem francesa, derivado do latim nativus. Sugere algo natural, ingênuo, espontâneo, tendo sido utilizado originalmente no campo das artes para descrever a pintura e as propostas do artista modernista francês Henri Rousseau (1844-1910). A adoção desse termo para Naïfs do Brasil, no plural e desvinculado da palavra "arte", evidencia seu foco no artista e em suas manifestações diversas e múltiplas, deixando em aberto os possíveis significados e características do que é ser naïf.

OFICINAS NAÏFS DO BRASIL
Com os temas Oratório em Caixa de Fósforo e Ateliê de Histórias, o Sesc Palladium propõe formações gratuitas no Mezanino para discutir sobre a cultura brasileira, em especial a arte mineira. As inscrições para as oficinas devem ser feitas na recepção do Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420, Centro). Cliente Sesc devem apresentar o cartão do cliente Sesc na categoria Trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo e carteira de trabalho. O público em geral deve obrigatoriamente apresentar RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência. Mais detalhes:

5 a 7 de abril: Oficina Ateliê de histórias – Os tapetes contadores de histórias, com Warley Goulart
Referência do Brasil e exterior na arte de contar histórias, a oficina demonstra de forma intensiva o processo criativo de 20 anos do grupo carioca Os Tapetes Contadores de Histórias. Intercalando teoria e prática, os participantes passam por dinâmicas que envolvem as práticas narrativas, análise da estrutura e espacialidade dos contos, intersecções entre texto e têxtil, e criação de cenários para se contar histórias. Público geral R$ 80 | Trabalhador do comércio e seus dependentes R$ 64.

13 de abril: Oficina de Oratório em caixa de fósforo
A oficina de Oratório em caixa de fósforo, criada por Willi de Carvalho, tem o objetivo de fomentar a discussão e reflexão de temas relacionados à cultura no Brasil. As festas populares mineiras, religiosas e profanas, catopés, caboclinhos, marujadas, reinado e congada são um dos temas centrais da obra do artista. Símbolos como o estandarte e os espirais, representam a lembrança barroca das cidades históricas de Minas e têm presença forte em suas peças.

Eixos curatoriais: reflexões em todas as linguagens artísticas
O Sesc Palladium retomou o trabalho com eixos curatoriais semestrais em fevereiro de 2019, para nortear a programação do centro cultural. Até o mês de julho, as Culturas Populares estarão em discussão sob o viés da dimensão antropológica da cultura com todo o sentimento de pertença e identificação em várias linguagens artísticas. E de agosto a dezembro, o tema será Hermanos, uma reflexão acerca da influência dos países de língua espanhola sobre o Brasil e a nossa relação com os países vizinhos.

SERVIÇOS

Naïfs do Brasil – Oficina Ateliê de Histórias
Data: de 5 a 7 de abril de 2019
Horário: das 17h às 21h
Entrada: público geral R$ 80 | Trabalhador do comércio e seus dependentes: R$ 64. Inscrições na Recepção do Sesc Palladium
Local: Mezanino do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro)

Caro Leitor apresenta Grande Sertão: Veredas - Mia Couto fala sobre a obra-prima de Guimarães Rosa. Participação do Grupo Miguilim
Data:
10 de abril de 2019
Horário: 20h
Local: Grande Teatro do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro)
Entrada: gratuita, mediante doação de 1kg alimento não perecível para o Programa Mesa Brasil Sesc.
Troca de ingressos: 10/04, a partir das 12h. Limite de 2 ingressos por pessoa.
Classificação: livre
Duração: 60 minutos
Curadoria: Companhia das Letras

Naïfs do Brasil – Oficina de Oratório em caixa de fósforo
Data: 
13 de abril de 2019
Horário: das 14h às 18h
Entrada: gratuita, por meio de inscrição na Recepção do Sesc Palladium
Local: Mezanino do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro)

Criações de Bolso apresenta Ogum, da Flores de Jorge Cia Cênica
Data:
12,13,14 e 19,20,21 de abril de 2019
Horário: às sextas e sábados, às 20h | Domingo, às 19h
Local: Teatro de Bolso do Sesc Palladium (av. Augusto de Lima, 420, Centro)
Entrada: R$ 15 (inteira). Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes com cartão do cliente Sesc têm 60% de desconto no valor da inteira.
Classificação: livre
Duração: 40 minutos

Exposição Naïfs do Brasil – Acervo Sesc de Arte Brasileira
Data: até 21 de abril de 2019
Horário: de terça a domingo, das 9h às 21h
Local: Galeria de Arte GTO do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro)
Entrada gratuita

Informações sobre o evento (público): (31) 3270-8100