Web Content Viewer (JSR 286)

Ações
Carregando...

Central de notícias

|

Sesc em Minas também está atuando no combate à Covid-19

Instituição tem firmado parcerias com Governo e Prefeituras para apoiar ações de combate à doença
Publicado em 09/04/2020 às 19:39Atualizado em 09/04/2020 às 19:45

O mundo vem atravessando um momento crítico. A pandemia da Covid-19 (coronavírus) se espalha pelo planeta trazendo medo e insegurança. Em tempos como este, a união e a solidariedade são fundamentais. Por isso, o Sesc em Minas vem trabalhando junto ao poder público, por meio de parcerias firmadas com o Governo e algumas Prefeituras, para atuar diretamente no combate à doença.

Em Paracatu, disponibilizamos à prefeitura nossa estrutura de hospedagem na cidade para acolhimento de pessoas em situação de rua que necessitam do isolamento social, independentemente de apresentarem, ou não, sintomas da Covid-19. As unidades habitacionais (chalés) disponibilizadas possuem banheiro individual, TV, ar condicionado ou ventilador, e frigobar. A prefeitura vai disponibilizar os itens de higiene pessoal, como sabonete, shampoo, condicionador, escova de dentes e creme dental. A unidade pode receber até 60 pessoas por dia. O acolhimento e o encaminhamento para a unidade ficarão a cargo da Prefeitura de Paracatu, assim como a operação do serviço.

O modelo aplicado em Paracatu foi inspirado no acordo entre a Prefeitura de Belo Horizonte e o Sesc em Minas, que também cedeu a estrutura de hospedagem da unidade Venda Nova, na capital, para o acolhimento a pessoas em situação de rua com sintomas da Covid-19. São 260 chalés, que também contam com banheiro individual e são equipadas com TV, ar condicionado ou ventilador, frigobar, itens de higiene pessoal e roupa de cama. O acolhimento e encaminhamento das pessoas, além de toda a operação, também ficará por conta da prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social. A capacidade de acolhimento é de 300 pessoas por dia. A unidade recebeu as primeiras pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social na segunda-feira (06/04).

Também em Belo Horizonte, o Sesc Centro de Excelência em Saúde está apoiando o poder público na Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Desde 26 de março, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, a unidade oferece a vacina gratuita contra a gripe às pessoas com 60 anos ou mais e aos profissionais da saúde, atendendo ao calendário do Ministério da Saúde. A vacinação é realizada pelos profissionais de saúde do Sesc. Esta primeira fase da campanha segue até o dia 15 de abril.

Na Região Metropolitana de BH, o colocamos nossa estrutura de hospedagem à disposição da prefeitura de Contagem. A unidade receberia os profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate neste momento delicado. Seria uma maneira de oferecer conforto e descanso a médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, entre outros, sem que eles precisem voltar para suas casas, evitando assim que coloquem em risco a saúde de seus familiares. A proposta está sendo avaliada pela Prefeitura de Contagem.

Em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, a estrutura que pertence ao Sesc, cuja cessão para uso do espaço já vinha sendo negociada com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), também foi cedida à prefeitura da cidade, para medidas de apoio no combate à covid-19. Sesc e Seplag concordaram que, neste momento, o espaço será fundamental às ações de contenção da doença.

MESA BRASIL

Uma das iniciativas de maior destaque do Sesc, o Mesa Brasil Sesc continua com forte atuação para levar alimento aos que mais necessitam neste momento de incerteza. Com unidades em Belo Horizonte, Juiz de Fora, Montes Claros e Uberlândia, o Mesa atua no combate ao desperdício e à insegurança alimentar.

Em Montes Claros, o Mesa Brasil Sesc, em parceria com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), a prefeitura, sociedade civil e empresários, formaram a Rede Solidária Covid-19. A iniciativa tem apoiado pessoas em situação de rua, catadores de material reciclável e famílias em vulnerabilidade social. O Mesa atua como referência na coleta e distribuição dos alimentos arrecadados pela Rede, direcionando os itens arrecadados aos mais necessitados.