Web Content Viewer (JSR 286)

Ações
Carregando...

Central de notícias

|

Secretário Adjunto de Estado de Saúde de MG, realiza visita ao Sesc de Venda Nova.

Hospedagem Social, que abriga crianças e jovens carentes em tratamento pelo SUS, foi o foco das apresentações.
Publicado em 04/03/2021 às 15:35Atualizado em 04/03/2021 às 15:47

Marcelo Cabral, Secretário Adjunto de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), passou a manhã desta quarta-feira (03/03), no Sesc de Venda Nova. O convite foi feito pela empresa, com o intuito de apresentar o espaço de Hospedagem Social, que recebe de forma gratuita, as famílias do interior, que estão com crianças e adolescentes em tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O Sesc em Minas é uma empresa privada, sem fins lucrativos, mantida pelas empresas do comércio de bens, serviços e turismo, que tem como objetivo realizar projetos que promovam o desenvolvimento da qualidade de vida e bem-estar dos trabalhadores destas empresas. Também realiza parcerias de apoio ao Estado e municípios, a exemplo da Campanha de vacinação covid-19, em que o Sesc em Minas disponibilizou suas unidades de atendimento para a Secretaria de Saúde do Estado para ser ponto de apoio. O Sesc Santa Luzia e o Sesc Centro de Excelência em Saúde, já iniciaram inclusive a vacinação nos profissionais da saúde da linha de frente.

Kelvio Alves dos Santos, que é o Gerente Regional, recebeu Marcelo Cabral e deu início à apresentação organizada por sua equipe. Kelvio contou que a Hospedagem Social Sesc Venda Nova é um espaço exclusivo de acolhimento, colaboração, integração e apoio às famílias do interior do Estado, que necessitam permanecer em Belo Horizonte, em função de tratamento médico. Em seguida, Ricardo Moreira, que é o Gerente da unidade Venda Nova, completou dizendo que “é importante otimizar a utilização da Hospedagem Social, que é um serviço relevante para a população mineira”. Segundo ele, o espaço conta com 36 unidades habitacionais que têm capacidade de atendimento a 84 hóspedes. Porém, atualmente, atendem uma média de somente 12 pessoas por dia, ficando bem aquém de sua capacidade, que é de até 86 pessoas por dia. “No ano de 2019, nós atendemos 1.075 pessoas, sendo esses leitos utilizados 3.023 vezes no ano. Nossa capacidade de atendimento no ano é de 31.390 leitos.”- completou.

Durante a visita, Amâncio Castro, que é consultor do Sesc em Minas e Renato Romano, que é Gerente do Sesc Centro de Excelência em Saúde, explicaram que a Hospedagem Social surgiu com a necessidade do acolhimento, não só das crianças e adolescentes de 0 a 17 anos em tratamento, mas também de suas famílias. “Esse é um projeto 100% gratuito que acolhe pessoas carentes que morem em um raio superior a 50km da capital. Aqui é oferecido também diversas atividades lúdicas e interativas. – Explicou Renato. “Alimentação, transporte e todo apoio psicológico também fazem parte do serviço que fornecemos a essas pessoas”- finalizou.

Luciana Valverde, que é a Gerente de Saúde do Sesc em Minas, fez questão de frisar a importância da empresa como um todo, enfatizando sobre as Unidade Móveis de Saúde, as famosas “carretas de Sesc”, que estão adotando todos os cuidados, medidas de segurança e higiene necessários, conforme protocolos institucionais e diretrizes do Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para continuar a oferecer tratamento relacionado à saúde da mulher, odontologia e oftalmologia. “Foram investidos quase 3 milhões nos atendimentos dessas carretas, que foram procuradas principalmente, por pessoas do interior”. Segundo ela, esses serviços são importantes para auxiliar o Estado a diminuir a compressão do Sus, principalmente em momentos difíceis como este de pandemia em que estamos vivenciando.

O Secretário Marcelo Cabral, ressaltou que a parceria é interessante e que “há potencial para futuramente pensarem em projetos de coparticipações dentro do que o SUS pode oferecer, uma vez que a estrutura do Sesc é espetacular”, observou o Secretário.

  1. Foto: Tarcísio de Paula



SAÚDE NO SESC

• BEM ESTAR:
O Serviço Social do Comércio (Sesc), surgiu do compromisso de empresários deste setor em colaborar com o cenário social. Hoje, são mais de 580 unidades que proporcionam melhores condições de vida, não só a seus empregados e familiares, mas também prestando assistência ao desenvolvimento das comunidades onde vivem.

• COVID-19:
O Sesc em Minas também cedeu a estrutura de hospedagem da unidade Venda Nova, na capital, para o acolhimento a pessoas em situação de rua com sintomas da Covid-19, atendendo a demanda que foi encaminhada em 2020.

• VACINAS:
A unidade do Sesc MG também oferece as vacinas da rede pública, gratuitamente, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte.

Por: Carolina Ferreira (Publicitária SES/MG)